Uma nova abordagem para a asma grave

Uma nova abordagem para a asma grave

Mesmo com o uso contínuo e disciplinado das medicações convencionais, pessoas com asma grave não conseguem controlar os sintomas, sofrem impactos em sua rotina e qualidade de vida, e estão sujeitas a diversas internações.1

Pacientes com esse perfil necessitam de uma nova abordagem para a asma grave, uma abordagem terapêutica diferenciada, com combinação de medicamentos, medicamentos biotecnológicos, corticoides orais ou doses mais altas de drogas convencionais.2

O tratamento de longo prazo com corticosteroides (também chamados de corticoides) orais pode ser necessário para os pacientes que atingiram a quinta e última etapa do tratamento da asma grave.3 Os corticoides consistem em anti-inflamatórios hormonais, já que são sintetizados a partir de análogos de hormônios humanos. No caso do tratamento da asma grave, são administrados por via oral.3

Concomitante ao uso de broncodilatadores e corticoides, há a opção do uso de inibidores de IgE, que agem diretamente na origem da reação alérgica. O omalizumabe é um anticorpo monoclonal que age inibindo a IgE que, na prática, diminui a resposta das células inflamatórias do pulmão. Esta terapia é administrada através de uma injeção subcutânea (uma ou duas vezes ao mês) e só é indicada para pacientes de asma grave que, mesmo seguindo todas as recomendações médicas quanto a outros tratamentos e mudanças no ambiente, não tiveram resposta satisfatória no controle da doença.2,4,5

“Para tratar a asma de difícil controle de forma efetiva, diminuindo o índice de hospitalizações e a mortalidade dos pacientes, precisamos de todo o arsenal de inovações disponíveis nos mercados público e privado. Nosso pacientes precisam ter acesso a todos os tratamentos disponíveis”.
Dr. Roberto Stirbulov, Prof. Adjunto da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo CRM-SP 38357

 


Referências
1. Wenzel S. Severe asthma in adults. Am J Respir Crit Care Med 2005;172(2):149–160
2. Humbert M et al. Benefits of omalizumab as add-on therapy in patients with severe persistent asthma who are inadequately controlled despite best available therapy (GINA 2002 step 4 treatment): INNOVATE. Allergy 2005: 60: 309-316
3. Global Strategy for Asthma Management and Prevention, Global Initiative for Asthma (GINA) 2014. Disponível em: http://www.ginasthma.org/.
4. Site do National Heart, Lung, and Blood Institure (NHLBI) do National Institutes of Health. Disponível em: http://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/asthma/treatment. Último acesso em dezembro de 2014.
5. Busse et al. Omalizumab, anti-IgE recombinant humanized monoclonal antibody, for the treatment of severe allergic asthma. J Allergy Clin Immunol 2001;108:184-190.

Veja mais em: Diagnóstico e tratamento

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver Mais +
Ver Mais +