Share

Às vezes problemas de pele surgem sem motivo. Você está lá, imerso em sua vida diária, quando uma mancha vermelha desagradável começa a se espalhar em seu braço e você começa a se coçar como um louco. Será que é psoríase?

Em outras ocasiões, essas doenças de pele surgem gradualmente; uma pequena placa que, por exemplo, aparece no cotovelo e fica maior a cada dia. Será que esse caso também é psoríase?

Nas doenças inflamatórias da pele, como a psoríase, os sintomas e a doença variam muito de pessoa para pessoa. No entanto, algumas etapas podem ser identificadas.

5 sinais da psoríase

1) “Hum, estranho …”

As doenças de pele podem ocorrer em qualquer idade. Na psoríase, a idade média dos primeiros sintomas costuma estar entre 15 e 25 anos. Pessoas diagnosticadas antes dos 40 anos tendem a desenvolver formas mais graves de psoríase do que aquelas diagnosticadas após essa idade, mas cada uma é afetada de forma diferente.

As lesões em si, entretanto, tendem a ser semelhantes: manchas vermelhas e arredondadas, cobertas por uma película de pele prateada que descama e costumam aparecer no couro cabeludo, cotovelos, joelhos e parte inferior das costas. Mas podem aparecer em qualquer parte do corpo, até nas unhas.

2) “Coça muuuuito”

Para algumas pessoas, o aparecimento das manchas ou lesões é o que mais incomoda. Para outras, é a coceira. O problema é que, como em qualquer doença de pele, quanto mais você coça, mais irritada fica a pele. Quanto mais irritada, mais coceira.

O ideal é resistir e não coçar! Coçar pode proporcionar alívio no momento, mas na verdade só vai piorar as coisas.

Antes mesmo de perceber, você entra em um ciclo de “coceira-irritação da pele” e começa a sonhar em se livrar de sua pele rapidamente. Geralmente, é nesse estágio que a maioria das pessoas decide procurar ajuda médica já que a coceira causada pela psoríase pode ser insuportável, especialmente à noite.

3) “E eu que pensei que nunca poderia ser pior do que isso …”

Em alguns casos, a psoríase também pode afetar outras partes do corpo. A psoríase pode estar associada à inflamação das articulações, uma condição muito dolorosa é chamada de artrite psoriásica (AP). Estima-se que 40% das pessoas com psoríase também tenham AP. Mais de 80% das pessoas com artrite psoriásica apresentam sinais de psoríase nas unhas, que podem engrossar, descolorir e apresentar pequenos orifícios.

4) “Quanto tempo vai durar isso? “

O médico ou a médica pode prescrever um tratamento para ajudar a acalmar os sintomas e aliviar a coceira. Mas como a psoríase é uma doença crônica, os sintomas podem aparecer novamente. Algumas pessoas percebem, por exemplo, que o estresse pode causar lesões. Isso ocorre porque os hormônios do estresse podem fazer com que o sistema imunológico libere componentes inflamatórios. Com o tempo, você será capaz de identificar seus próprios “gatilhos” e, assim, tentar evitá-los.

5) “OK, isso parece me ajudar …”

Viver com doenças de pele pode ser difícil, muitas pessoas se sentem abatem e desistem de lutar. Mas, se estamos aqui, é para dizer que é possível ter uma pele sem lesão!

Aprenda a controlar sua própria pele. Comece considerando um tratamento adequado com a ajuda de um(a) especialista. Você também pode encontrar mais dicas em nosso site. Mas, acima de tudo, não desista! Existem soluções! Busque a ajuda de um(a) dermatologista e encontre aquelas mais adequadas para você.

 

Referências

  1. National Psoriasis Foundation. About Psoriasis. Disponível em https://www.psoriasis.org/about-psoriasis. Acesso em janeiro de 2021.
  2. Mease PJ, Armstrong AW. Managing patients with psoriatic disease: the diagnosis and pharmacologic treatment of psoriatic arthritis in patients with psoriasis. 2014 Mar;74(4):423-41.
  3. Sobolewski P, Walecka I, Dopytalska K. Nail involvement in psoriatic arthritis. 2017;55(3):131-135.
  4. Jindal S, Jindal N. Psoriasis and Cardiovascular Diseases: A Literature Review to Determine the Causal Relationship. 2018;10(2):e2195.

 

Fonte: Bien vivre ma peau. Surmonter les difficultés: pourquoi les maladies de peau s’aggravent avant de s’améliorer. Disponível em https://www.bienvivremapeau.fr/psoriasis/vivre-avec/surmonter-les-difficultes–pourquoi-les-maladies-de-peau-saggravent-avant-de-sameliorer/. Acesso em janeiro de 2021.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *