Fonte: Vida & Ação
Publicado: 01/10/2018

Doença ainda é menosprezada por falta de conhecimento. Estudo mostra que impacto é tão forte na qualidade de vida dos pacientes quanto psoríase ou hanseníase

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *