Diarreia: conheça um dos principais sintomas do tumor neuroendócrino (TNE)

03/10/2018

Diarreia: conheça um dos principais sintomas do tumor neuroendócrino (TNE)

Muitas vezes os sintomas do tumor neuroendócrino (TNE) não são específicos e são comuns a outras doenças, o que dificulta seu diagnóstico.1 A diarreia é um deles, que por se manifestar em condições de saúde não graves, é encarada como normal por muitas pessoas que acabam deixando de procurar ajuda médica.2

Mas ao perceber o sintoma, é sim preciso consultar um especialista para um diagnóstico correto.2 É importante lembrar que a detecção precoce do TNE é fundamental para sua cura.3 Além disso, as pessoas devem ter consciência de que a diarreia não é normal e existem maneiras de superar ou conviver melhor com esse sintoma.2,4

Diarreia persistente: sinais de que algo não vai bem

A diarreia consiste na evacuação de fezes líquidas de forma frequente e sem controle, que ocorre três ou mais vezes ao dia.5,6 Existem diversas causas possíveis, muitas vezes sendo apenas uma infecção estomacal ou intoxicação alimentar.5,7 Nesses casos, a diarreia é aguda e dura somente alguns dias.5,6 Quando o sintoma se apresenta por mais de duas semanas, a diarreia é considerada crônica e necessita de acompanhamento médico.5,6 Procure um especialista imediatamente caso note algum dos seguintes sinais e sintomas:8

  • Seis ou mais evacuações líquidas/pastosas diárias por mais de dois dias8
  • Sangue nas fezes ou na região retal8
  • Perda de peso causada pela diarreia8
  • Febre de 38°C ou mais alta8
  • Incapacidade de controlar evacuações8
  • Diarreia ou cólicas abdominais por mais de um dia8
  • Diarreia acompanhada por tontura8
  • Diarreia secretora (noturna e em grandes quantidades)6

A diarreia persistente, principalmente a noturna, pode ser um indício de alguma doença.6,7 É importante consultar um especialista para checar se há uma condição de saúde mais grave por trás do sintoma, como o tumor neuroendócrino.1,7 Não a encare como algo normal, mas sim como um alerta de que algo não está bem com seu organismo e busque o diagnóstico correto com um especialista.7

Buscando ajuda médica especializada

A manifestação de diarreia não significa a existência do tumor neuroendócrino, mas indica a necessidade de procurar ajuda médica especializada.3 O diagnóstico precoce de TNE é fundamental para o combate do tumor, aumentando inclusive as chances de cura da doença.3

O gastroenterologista é o médico mais indicado para o diagnóstico e tratamento de doenças ou alterações de todo o trato gastrointestinal.9 Ele será capaz de descobrir a causa exata da diarreia, de modo a oferecer recomendações e tratamento específicos para seu caso, garantindo os melhores resultados possíveis.7 Busque ajuda para tentar superar esse sintoma e viver com qualidade.

Caso o paciente seja diagnosticado com TNE, ele deverá ser tratado por uma equipe formada por gastroenterologistas, cirurgiões, oncologistas, endocrinologistas, entre outros especialistas.1,10 O objetivo é trabalhar em conjunto visando atingir os melhores resultados para cada paciente.1,10

Por que a diarreia: o que acontece no corpo de quem tem TNE?

As células neuroendócrinas são aquelas responsáveis pela produção de hormônios que regulam diversas funções do nosso corpo, como a digestão.1 Os TNEs são tumores raros que podem se originar em qualquer região onde essas células estão presentes, sendo mais comuns no tubo digestivo, no pulmão e no pâncreas.1,11 Esses tumores são classificados de acordo com a região onde se originam, de modo que os sinais e sintomas são bem variados e dependem da localização do tumor.1,11 A diarreia é um dos principais sintomas do tumor neuroendócrino gastrointestinal e pancreático – dois dos tipos mais comuns de TNE.11

Alguns tipos de TNE secretam hormônios, além de sintetizar e armazenar outros hormônios em excesso.1,10 Quando isso ocorre com hormônios gastrointestinais como a serotonina, o resultado é a diarreia.10 Outros tipos de TNEs que não produzem hormônios também causam sintomas como a diarreia ao bloquear o órgão onde está localizado.11 Existem outras doenças secundárias em pacientes de TNE que podem gerar esse sintoma.5 Por isso, é importante buscar um especialista capaz de diagnosticar a causa exata da diarreia para poder tratá-la da melhor forma possivel.5

Como viver com qualidade após receber o diagnóstico de TNE

Apesar da diarreia ser um grande problema enfrentado por quem lida com alguns dos tipos mais comuns de tumor neuroendócrino (TNE), existem várias medidas que podem ser tomadas para superar esse sintoma e garantir uma melhor qualidade de vida.4 Aliviar os efeitos colaterais é uma parte vital do tratamento, chamada de cuidado paliativo.12

Medidas simples como uma dieta saudável são essenciais para o controle da diarreia, já que ela ocorre quando algo não anda bem no trato gastrointestinal.4,8 Algumas formas de ajudar a prevenir o aparecimento ou aliviar o sintoma são:

  • Evitar cafeína, bebidas alcóolicas, lactose, gordura, fibra, suco de laranja e ameixa, vegetais não cozidos, frutas com casca, frutos do mar, carnes malpassadas e comida apimentada.7,8,12
  • Evitar medicamentos laxantes12
  • Comer porções de comida menores e com mais frequência (5 ou 6 refeições pequenas)7,8,12
  • Optar por alimentos de fácil digestão e com pouca fibra. Isso inclui banana, arroz branco, compota de maçã e torrada de pão branco8,12
  • Comer alimentos ricos em potássio como batata, suco de fruta diluído, banana e maçã7
  • Beber água e outros líquidos como soros, sopas e sucos (8 a 12 copos por dia) para previnir a desidratação. Isso também ajuda a substituir os líquidos que você está perdendo7,8,12
  • Comer alimentos que contém probióticos – um tipo de bactéria que ajuda a restaurar uma digestão normal. São encontrados em iogurte e suplementos alimentares8

Outro fator de desconforto que a diarreia pode causar é irritação da pele na região retal.8 Para aliviar, lave a região com água morna, use lenços de bebê para limpá-la e não se esqueça de secá-la gentilmente.8 Pomadas impermeabilizantes, como as que contém gelatina de petróleo, podem ajudar a minimizar a irritação e devem ser aplicadas após a região estar limpa e seca.8

Além disso, manter uma rotina de exercícios três ou mais vezes por semana, como caminhadas de meia hora, propicia um estilo de vida saudável que te ajudará a se sentir melhor.4 Outra medida importante para aliviar o estresse de se conviver com a doença é procurar ajuda emocional da família e amigos ou até de grupos de apoio.4 Cuidar da sua saúde física e mental ajuda nos resultados do tratamento do TNE.4

Vale ressaltar que é sempre bom conversar abertamente com sua equipe de especialistas e perguntar quais as melhores maneiras de controlar a diarreia.12 Um nutricionista será capaz de indicar o melhor plano alimentar para o seu caso, já que o tratamento de TNE deve ser individualizado.2,4 Pergunte também sobre dicas e recomendações de medicamentos para ajudar no controle da diarreia, mas evite qualquer remédio sem que haja orientação médica.7,12 Tomando precauções e fazendo mudanças no estilo de vida, é possível aliviar os sintomas e viver bem com TNE.4


Referências

1. Minha Vida. Tumor neuroendrócrino: sintomas, tratamentos e causas. Disponível em: https://www.minhavida.com.br/saude/temas/tumor-neuroendocrino Acesso em agosto de 2018.
2. The NET Alliance. What are symptoms caused by GI NET (carcinoids)? Disponível em: http://thenetalliance.com/patient/gastrointestinal-net/gi-net-symptoms.jsp Acesso em agosto de 2018.
3. Canadian Cancer Society.Prognosis and survival for neuroendocrine. Disponível em: http://www.cancer.ca/en/cancer-information/cancer-type/neuroendocrine/prognosis-and-survival/?region=bc Acesso em agosto de 2018.
4. WebMD. Take Care of Yourself With Neuroendocrine Tumors. Disponível em: https://www.webmd.com/cancer/neuroendocrine-tumors-self-care#2 Acesso em agosto de 2018.
5. Living with Neuroendocrine Cancer. Disponível em: https://ronnyallan.net/2016/09/15/neuroendocrine-cancer-the-diarrhea-jigsaw/ Acesso em agosto de 2018.
6. Targeted Oncology. Diagnosing and Treating NET-Related Diarrhea. Disponível em: https://www.targetedonc.com/conference/2017-nanets/diagnosing-and-treating-netrelated-diarrhea Acesso em agosto de 2018.
7. Minha Vida. Diarreia: causas, tratamentos e como previnir. Disponível em: https://www.minhavida.com.br/saude/temas/diarreia Acesso em agosto de 2018.
8. Mayo Clinic. Diarrhea: Cancer-related causes and how to cope. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/cancer/in-depth/diarrhea/art-20044799 Acesso em agosto de 2018.
9. Tua Saúde. O que faz o gastroenterologista. Disponível em: https://www.tuasaude.com/gastroenterologista/ Acesso em agosto de 2018.
10. Revista Onco. Tumores neuroendócrinos, a “zebra” da oncologia. Disponível em: http://www.oncologiador.com.br/portal/wp-content/uploads/2016/05/ONCO_ED.30-NEUROENDOCRINOS.pdf Acesso em agosto de 2018.
11. WebMD. Types of Neuroendocrine Tumors and Their Symptoms. Disponível em: https://www.webmd.com/cancer/neuroendocrine-tumors-types-symptoms#3 Acesso em agosto de 2018.
12. Cancer.Net. Diarrhea. Disponivel em: https://www.cancer.net/navigating-cancer-care/side-effects/diarrhea Acesso em agosto de 2018.