Setembro Roxo: mês da conscientização da trombocitopenia imune (púrpura trombocitopênica idiopática)

setembro-roxo-mes-da-PTI Compartilhe:

Pode começar com manchas roxas (hematomas) na pele sem explicação aparente, nariz e gengivas que costumam sangrar, aparecimento de sangue também nas fezes e urina…E os dias vão ficando difíceis com um cansaço inexplicável. Esse pode ser o começo da jornada para muitos pacientes com trombocitopenia imune, a PTI.1-3

Para conscientizar sobre essa doença potencialmente grave, mas ainda pouco conhecida da população e até mesmo dos profissionais da saúde, desde 2010, setembro é o mês de conscientização da PTI!4

8 fatos sobre a PTI

Se você faz parte do grupo que não conhece a doença, listamos aqui os principais fatos sobre a trombocitopenia imune para que você possa aprender e compartilhar, nos ajudando a ampliar a conscientização. Vamos lá:1,5,6

  1. Pode afetar indivíduos de todas as idades, gêneros e origens étnicas, mas mulheres são duas a três vezes mais propensas a desenvolver PTI do que os homens.
  2. A PTI não é contagiosa, ou seja, não pode “passar” de uma pessoa para outra.
  3. A PTI pode ser crônica (durar a vida toda), mas é possível alcançar a remissão, quando o paciente atinge e mantém a contagem de plaquetas saudável, e não há mais atividade e avanço da doença.
  4. Na PTI o sangue não consegue coagular como deveria devido a um baixo número de plaquetas e isso pode prejudicar a capacidade do corpo de parar um sangramento.
  5. A PTI tem origem autoimune, ou seja, o sistema imunológico produz anticorpos para combater componentes dentro do nosso próprio corpo e as causas disso são desconhecidas, por enquanto.
  6. Para pessoas que menstruam, esse período é bastante intenso, fisicamente e emocionalmente.
  7. Às vezes, pacientes com PTI precisam ter o baço removido cirurgicamente, em um procedimento chamado esplenectomia, porque esse órgão pode produzir anticorpos que prejudicam ainda mais as plaquetas.
  8. Atividades físicas de baixo impacto e pouco contato são as mais recomendadas para evitar agressões à pele.

 

Conheça a PTI

Se você suspeita que pode ter a doença, é muito importante que busque um médico hematologista para te orientar. Caso queira encontrar um hematologista próximo a você, clique no botão abaixo:

Encontrar especialista perto de mim


Referências

1. Mayo Clinic. Symptoms and causes. Disponível em: http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/idiopathic-thrombocytopenic-purpura/symptoms-causes/dxc-20201224 Acesso em agosto de 2021.
2. NIH – National Heart, Lung and Blood Institute. What are the signs and symptoms of immune thrombocytopenia? Disponível em: https://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/itp/signs Acesso em agosto de 2021.
3. Abrale – Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia. Sinais e sintomas – PTI. Disponível em: http://www.abrale.org.br/pti/sinais-e-sintomas Acesso em agosto de 2021.
4. Platelet Disorder Support Association. September is ITP Awareness Month. Disponível em: https://www.pdsa.org/contribute/raise-awareness-for-itp/itp-awareness-month.html Acesso em agosto de 2021.
5. NIH – National Heart, Lung and Blood Institute. Who Is at Risk for Immune Thrombocytopenia? Disponível em: https://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/itp/atrisk Acesso em agosto de 2021.
6. Healthline. 30 Things Only People with Immune Thrombocytopenic Purpura Would Understand. Disponível em: https://www.healthline.com/health/ipt/30-things#3 Acesso em agosto de 2021.