3-5-psoriase-e-as-conversas-dificeis

Sem papas na língua

Seja durante um bate-papo informal ou em uma conversa com o chefe, há momentos em que temos dificuldade para nos expressar. Mas se você não souber como falar com seu médico sobre a psoríase, pode ficar ainda mais difícil conseguir o apoio que precisa para lidar com ela.

Então, o que fazer quando não encontramos as palavras certas?

Planeje-se

A boa notícia é que antes mesmo de colocar os pés no consultório do seu médico você já pode dar alguns passos para se sentir mais confortável. Se preparar para a consulta te ajudará a ficar bem informado, o que contribui para uma conversa produtiva.

A preparação também pode te ajudar a identificar o que você espera da conversa com o médico: mais informações sobre a psoríase, sobre novas opções de tratamento, encaminhamento para um especialista? Independentemente do seu objetivo, pensar sobre ele antes da consulta te ajuda a comunicá-lo com clareza ao médico, para que juntos possam trabalhar para alcançá-lo.1

Dê força a sua voz

A sua saúde e bem-estar importam a você e ao seu médico, por isso não deixe que a sua autocrítica ou vergonha o impeça de obter o resultado que você espera da sua consulta.

  • Não é apenas físico: além de mencionar quaisquer sintomas físicos, informe ao seu médico se a sua psoríase está afetando como você se sente ou suas atividades do dia a dia.
  • Não espere pelo seu médico: se há alguma coisa que você não entende, se as instruções do seu médico não são claras ou se você tiver alguma dúvida, faça as perguntas, mesmo que seu médico não te aborde antes. Ele provavelmente será capaz de responder todas as suas dúvidas!
  • Defina uma data para sua próxima consulta: a psoríase muitas vezes exige tratamento contínuo, então pergunte ao seu médico quando você deve voltar para uma consulta de acompanhamento.
  • Assuma um papel ativo: a psoríase pode variar ao longo do tempo, então monitorar a doença pode dar a você e ao seu médico uma visão sobre sua condição e sobre quão bem os tratamentos estão funcionando.

A psoríase muitas vezes varia de pessoa para pessoa e ao longo do tempo, por isso pode levar um tempo até encontrar um tratamento que funcione para você.

Você deve se sentir confortável ao falar com o médico sobre a psoríase e sobre como você está se sentindo – e ele deve ser capaz de fornecer as informações e apoio que você precisa.2


Fonte: Site Skin to Live In. Disponível em http://www.skintolivein.com/research-in-dermatology/psoriasis-understanding-the-issues/psoriasis-and-you/difficult-discussions/. Último acesso em julho de 2015.


Referências

1. Poot F. Doctor-patient relations in dermatology: obligations and rights for a mutual satisfaction. J Eur Acad Dermatol Venereol 2009; 23(11): 1233-1239.
2. Uhlenhake EE, Kurkowski D, Feldman SR. Conversations on psoriasis – what patients want and what physicians can provide: a qualitative look at patient and physician expectations. J Dermatolog Treat 2010; 21(1): 6-12.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *