1-7-nao-ignore-um-sinal-campanha-maio-melanoma

O melanoma é um tipo grave de câncer de pele.1 E para conscientizar a população no mundo todo sobre as formas de prevenir a doença e a importância do diagnóstico precoce, maio foi eleito oficialmente o mês de combate à doença. Todos os anos, médicos, pacientes e outras organizações da sociedade se unem para propagar informações e conscientizar sobre a prevenção do melanoma.

Tudo isso, porque quando diagnosticado no início, são altas as chances de cura do melanoma por meio de uma cirurgia. Já nas fases avançadas, o tratamento é mais complexo e requer cuidados especiais.2

Se você ainda não conhece o melanoma, veja alguns dados sobre a doença:

  • O câncer de pele é o mais incidente na população mundial e, no Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima 165 mil novos casos da doença só em 2018.3 O melanoma corresponde a 5% dos cânceres de pele. Apesar de ser menos frequente, é o tipo mais agressivo, e tem alta taxa de mortalidade.1
  • No Brasil, o número de novos casos de melanoma vem aumentado e, anualmente, são registrados 6.260 novos casos da doença e 1.547 óbitos.4
  • No mundo, estima que 55 mil pessoas morram por conta melanoma todos os anos, o que representa seis mortes por hora.5

Mas como se cuidar e combater o melanoma?

A chave no combate ao melanoma está na prevenção da doença e em saber reconhecer os sinais e sintomas do melanoma, e buscar ajuda médica especializada logo que notar um sinal, pois o diagnóstico só pode ser confirmado por um dermatologista.

Para auxiliar na identificação dos sinais perigosos, dermatologistas desenvolveram uma metodologia chamada de regra ABCDE. Desconfie do melanoma se uma pinta ou mancha apresentar:

  • Assimetria: uma metade da pinta ou mancha é diferente da outra parte.
  • Borda: as bordas são irregulares, entalhadas ou dentadas.
  • Cor: muitas vezes apresentam cor desigual. Tons de preto, marrom e canela ou áreas brancas, cinza, vermelha ou azul podem estar presentes.
  • Diâmetro: o diâmetro é maior que 5 milímetros.
  • Evolução: uma pinta ou mancha vem mudando de tamanho, forma, cor, aparência ou coçando ou sangrando.30


Referências

1. Canadian Cancer Society. Melanoma: deadliest type of skin cancer is on the rise. Disponível em: https://www.cancer.ca/en/about-us/for-media/media-releases/national/2014/2014-canadian-cancer-statistics/?region=on Acesso em abril de 2018.
2. Cure Melanoma. Melanoma Treatment. Disponível em: https://www.curemelanoma.org/patient-eng/melanoma-treatment/ Acesso em maio de 2018.
3. INCA. Feb 5, 2018 – INCA estima que haverá cerca de 600 mil casos novos de câncer em 2018. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/comunicacaoinformacao/site/home/sala_imprensa/releases/2018/inca-estima-havera-cerca-600-mil-novos-casos-cancer-2018 Acesso em maio de 2018.
4. INCA. Pele Melanoma. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/pele_melanoma/definicao Último acesso em abril de 2018.
5. Organização Mundial da Saúde (OMS). Globocan 2012: Estimnated Cancer Incidence, Mortality and Prevalence Worldwide in 2012. Disponível em: http://globocan.iarc.fr/Pages/fact_sheets_population.aspx Acesso em abril de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *