A espondilite anquilosante (EA) é uma doença inflamatória que ocorre principalmente nas vértebras da coluna e nas articulações (juntas) que ficam na região das nádegas, conhecidas como articulações sacro-ilíacas.1-3 Essa inflamação é caracterizada por dor nas costas, rigidez e desconforto crônico nesta região.2,3 A doença também pode apresentar outros sintomas, como dor e/ou vermelhidão nos olhos, diarreias ou cólicas sem motivo aparente, dor ou inchaço nas juntas (caso dos calcanhares, cotovelos e dedos), lesões na pele (a exemplo da psoríase).

Quiz de Dor nas Costas - Espondilite Anquilosante

Se não tratada, essa inflamação pode levar a uma fusão de algumas das vértebras, o que é chamado de anquilose. Essa fusão torna a coluna menos flexível e pode resultar em uma postura curvada para a frente e na perda da mobilidade. Se as costelas forem afetadas, a pessoa pode ter dificuldade para respirar profundamente, por exemplo.3,4

Quem pode ter espondilite anquilosante?

A espondilite anquilosante é mais comum nos homens do que nas mulheres. Os sinais e sintomas geralmente começam no final da adolescência ou início da idade adulta (entre 17 e 35 anos de idade),1,2,4 e muitas vezes ocorrem em pessoas da mesma família.1,2,4 A doença é causada pelo sistema imunológico do próprio organismo, sendo provável o envolvimento de fatores genéticos.2,4

O desafio do diagnóstico correto

A espondilite anquilosante pode ser difícil de diagnosticar. Isso porque não há um teste específico que resulte em um diagnóstico de EA. Além disso, muitas pessoas com EA acham que a dor nas costas que sentem se deve a algum tipo de tensão física nas costas, e consequentemente ficam sem um diagnóstico, pois não procuram ajuda de um especialista por muito tempo.4

O diagnóstico da EA deve ser realizado por meio de exames e do histórico médico do paciente,2 e aqui vale lembrar que o médico especializado em diagnosticar espondilite anquilosante é o reumatologista.4

Por enquanto, ainda não há cura para a espondilite anquilosante, mas os tratamentos disponíveis podem controlar os sintomas e evitar que a doença progrida.2,4


Referências

1. Sociedade Brasileira de Reumatologia. Doenças. Disponível em: https://www.reumatologia.org.br/doencas/principais-doencas/espondiloartropatias-soronegativas/ Acesso em outubro de 2018.
2. NIH – Medline Plus. Ankylosing Spondylitis. Disponível em: https://medlineplus.gov/ankylosingspondylitis.html Acesso em outubro de 2018.
3. Spondylitis Association of America. Overview of Ankylosing Spondylitis. Disponível em: https://www.spondylitis.org/Ankylosing-Spondylitis Acesso em outubro de 2018.
4. van der Heijde D, Ramiro S, et al. 2016 update of the ASAS-EULAR management recommendations for axial spondyloarthritis. Ann Rheum Dis. 2017 Jun;76(6):978-991.

6 respostas a “O que é espondilite anquilosante”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.