Share

Os sintomas e a evolução da espondilite anquilosante podem variar muito entre os pacientes. Embora os sintomas geralmente comecem a aparecer no final da adolescência ou no início da idade adulta, eles também podem se manifestar em crianças ou até mesmo mais tarde na vida adulta.

banner sociedade brasileira de reumatologia

Os primeiros sinais e sintomas da espondilite anquilosante são:

    • Dor e rigidez na parte inferior das costas (lombar) e quadris, que podem afetar até a parte de trás das coxas. Comumente, a dor é incômoda e espalhada, ou seja, não é em um ponto específico. Geralmente ocorre pela manhã, após períodos de repouso e melhora com a prática de exercicíos físicos. Algumas pessoas se sentem totalmente doentes, com dor no pescoço e cansaço, até perda de apetite e peso.
    • Dor na sola dos pés, principalmente ao se levantar da cama pela manhã.
    • Dor no peito, que pode ou não aparecer por conta da inflamação das articulações entre as costelas. Esta dor piora ao realizar uma respiração profunda. Talvez você tenha tentado fazer uma respiração profunda para sentir se é o seu caso. Já fez o nosso teste on-line sobre sintomas? É rapidinho!
    • Uveíte (inflamação dos olhos) é uma doença que frequentemente acompanha a espondilite anquilosante. Cerca de 1/3 (um terço) das pessoas com EA têm inflamação no olho pelo menos uma vez. Os sintomas da uveíte são dor nos olhos, visão embaçada e sensibilidade à luz.

A dor da espondilite anquilosante

Embora a dor nas costas seja um dos principais sintomas, em uma minoria de pessoas, a dor pode começar em alguma outra articulação como tornozelo, cotovelo, joelho, calcanhar ou ombro.

Algumas pessoas com espondilite anquilosante também podem apresentar dor abdominal, devido uma inflamação intestinal, que pode estar associada à doença de Crohn ou à colite ulcerativa.

Em outros casos, os pacientes com espodilite anquilosante também podem apresentar lesões na pele, como psoríase.

O que fazer ao notar esses sinais ou sintomas?

espondilite anquilosante sintomas

Caso você ou alguém da sua família tenha dor lombar ou nas nádegas que tenha surgido lentamente, que seja pior pela manhã ou ao acordar, especialmente se essa dor melhorar com o exercício e piorar com o repouso, o caminho ideal a seguir é buscar um médico reumatologista!

O reumatologista é o profissional mais especializado para o diagnóstico e acompanhamento da espondilite anquilosante. A Sociedade Brasileira de Reumatologia tem uma lista de especialistas disponíveis para te atender.


Referências

1. Spondylitis Association of America. Most Common Symptoms. Disponível em: https://www.spondylitis.org/Ankylosing-Spondylitis/Symptoms Acesso em outubro de 2018.
2. Mayo Clinic Disponível em: https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/ankylosing-spondylitis/symptoms-causes/syc-20354808 Acesso em outubro de 2018.
3. Sociedade Brasileira de Reumatologia. Doenças. Disponível em: https://www.reumatologia.org.br/doencas/principais-doencas/espondiloartropatias-soronegativas/ Acesso em outubro de 2018.
4. van der Heijde D, Ramiro S, et al. 2016 update of the ASAS-EULAR management recommendations for axial spondyloarthritis. Ann Rheum Dis. 2017 Jun;76(6):978-991.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.