Campanha: Nossa Atenção Muda Tudo

ConsultaPublica_800x500-v3 Compartilhe:

NossaAtençãoMudaTudo

MANIFESTO
Nossa atenção faz toda a diferença para lutar contra o Câncer de Mama Avançado.
Nossa atenção para diagnosticar a doença e entender o tipo de tumor.
Nossa atenção para ser cidadão e participar de políticas públicas.
Nossa atenção para garantir o acesso ao melhor tratamento.
Nossa atenção para que essas mulheres tenham mais tempo e qualidade de vida.

 

Veja aqui e assine o manifesto em prol das pacientes com câncer de mama avançado

Câncer de mama é aquela doença que chama a nossa atenção em outubro, quando tudo fica cor de rosa e falamos de autoexame, da importância de realizar mamografias anuais, de prevenção e da conscientização da doença. A data e os temas propostos por ela são muito importantes, mas frequentemente acabamos por esquecer de falar com e para as mulheres que vivem com o tumor todos os outros meses do ano.

E não faltam números para chamar nossa atenção

A OMS declarou que câncer de mama é a forma mais comum1 da doença no mundo.

No Brasil, foram 66 mil mulheres2 diagnosticadas com o tumor em 2020 e cerca de 14 mil brasileiras3 vão a óbito todos os anos.

O diagnóstico precoce ainda não é a realidade: 35% dos diagnósticos4 acabam acontecendo em fase metastática, ou seja, quando o câncer avança e passa a atingir outros órgãos do corpo.

Sem mencionar o impacto da pandemia, que gerou uma queda estimada em 45%5 no número de mamografias.

E nunca se falou tanto em direito à saúde como atualmente. Se a paciente de câncer de mama já em estado avançado faz parte dos 25%6 da população que têm plano de saúde, ela tem acesso a tratamentos modernos que oferecem maior tempo de vida com mais qualidade.

Já no SUS, há quase 20 anos, essa mesma paciente encontra uma realidade em que não há atualização de novas tecnologias para câncer metastático do tipo mais comum, o RH+ e HER2, que representa 7 em cada 107 casos.

O que isso significa? Se não fizermos algo para mudar esse cenário, o temor dos especialistas de uma piora ainda maior nesse cenário pode se concretizar.
Acreditamos na importância de falar dessa causa durante todo o ano e de nos engajarmos como cidadãos.

Acreditamos em estender a cobertura do SUS para as pacientes de câncer de mama avançado tenham acesso às inovações tecnológicas que as façam viver mais e com mais qualidade.

Se você também acredita nessa causa, sua atenção pode mudar tudo!

Assine este manifesto e apoie a defesa de incorporação de novas tecnologias em benefício de pacientes de câncer de mama avançado.


Referências

1. FEMAMA. OMS: câncer de mama supera o de pulmão e se torna o mais comum. Disponível em: https://www.femama.org.br/site/br/noticia/oms-cancer-de-mama-supera-o-de-pulmao-e-se-torna-o-mais-comum .

2. Instituto Nacional do Câncer. Estatísticas do Câncer. Disponível em: https://www.inca.gov.br/numeros-de-cancer .

3. Instituto Nacional do Câncer. Conceito e Magnitude do Câncer de Mama no Brasil. Disponível em: https://www.inca.gov.br/controle-do-cancer-de-mama/conceito-e-magnitude .

4. Instituto Oncoguia. Mais de 35% descobriram câncer de mama já avançado, mostra estudo. Disponível em: http://www.oncoguia.org.br/conteudo/mais-de-35-descobriram-cancer-de-mama-ja-avancado-mostra-estudo/12237/42/ Acesso em maio de 2021.

5. Radar do Câncer. Painel Covid. Disponível em: http://radardocancer.org.br/painel/covid/ .

6. Agência Nacional de Saúde. Dados Gerais. Disponível em: https://www.ans.gov.br/perfil-do-setor/dados-gerais Acesso em maio de 2021.

7. Estudo AMAZONA III/GBECAM 0115 – P2-09-11. Prevalence of patients with indication of genetic evaluation for hereditary breast and ovarian syndrome in the Brazilian cohort study – AMAZONA III. 2019. Disponível em: https://www.abstractsonline.com/pp8/#!/7946/presentation/701 Acesso em maio de 2021.