3-11-aceitando-o-novo-normal

Aprender a conviver com o câncer de mama avançado não é sobre “voltar ao normal”, mas sim sobre adaptar-se ao que é normal para você agora. Algumas pessoas chamam isso de “o novo normal”.1

Seu novo normal pode incluir mudanças no que você faz, em como você usa seu tempo e em quem você procura apoio.1 O novo normal pode mudar as relações com a família, amigos e colegas de trabalho. Você pode não conseguir mais trabalhar ou optar por não o fazer. Também pode mudar como você vê a si mesma e o mundo.

  • Coisas que antes eram muito importantes para você podem não importar muito agora.
  • Você pode sentir que a vida tem um novo significado ou propósito.2

Permita-se tempo para se adaptar ao seu novo normal, seja ele qual for. E lembre-se: você continua a definir sua vida e seu caminho!

Imagem corporal

A imagem corporal é a forma com que qualquer pessoa se percebe e a maneira com que se apresenta, como aparece. As mulheres com câncer de mama avançado vivenciam a imagem corporal de muitas maneiras diferentes.3

Sua aparência física pode mudar durante o tratamento do câncer de mama avançado. Isso pode impactar ou mudar a maneira como você se sente em relação ao seu corpo. Por exemplo, algumas mulheres dizem que se sentem menos femininas ou atraentes.

Se você tiver essas preocupações, pode ser útil pensar sobre o que ser atraente ou feminina significa para você.

  • O que torna uma pessoa atraente? Ser atraente está relacionado apenas sobre como uma pessoa é fisicamente?
  • O que faz uma mulher feminina? Existem maneiras pelas quais você pode se sentir feminina em seu corpo agora?

Lembre-se de que você ainda é você mesma. Mesmo que seu corpo pareça diferente, você pode descobrir outras forças que não sabia que tinha.3

Compartilhe qualquer preocupação sobre sua imagem corporal com seu médico. Ele poderá ser capaz de ajudá-la com diferentes recursos, como um aconselhamento especializado em imagem corporal de pessoas com câncer.3

Sexo e intimidade

Se você está lutando com questões que afetam sua sexualidade, saiba que o sexo e a intimidade podem ser difíceis para muitas mulheres com câncer de mama avançado.4

A maneira com que o câncer de mama avançado afeta sua sexualidade é uma experiência muito pessoal. No entanto, mulheres com câncer de mama metastático compartilham algumas preocupações comuns:

  • Alterações no desejo, função ou satisfação sexual4,5
  • Alterações físicas, particularmente provocadas por cirurgias e outros tratamentos6
  • Alterações na imagem corporal4
  • Diminuição do humor e níveis de energia5
  • Conflitos de relacionamento6

Tente ser honesta com o seu parceiro sobre o que você está sentindo. Conversar com um terapeuta de casais ou terapeuta sexual também pode ser útil.7

Se você está solteira, conversar com seus novos parceiros sobre o seu diagnóstico de câncer de mama avançado pode te deixar nervosa. Você pode optar por iniciar novos relacionamentos mais lentamente.

Compartilhe qualquer preocupação sobre sua sexualidade com seu médico. Ele poderá encaminhá-la para uma profissional especializado ou um grupo de apoio, que te ajudará a lidar com seus sentimentos.


Referências

1. National Cancer Institute. A New Normal. Disponível em: https://www.cancer.gov/about-cancer/coping/survivorship/new-normal Acesso em 18 de maio de 2018.
2. American Cancer Society. Managing Cancer as a Chronic Illness. Disponível em: https://www.cancer.org/treatment/survivorship-during-and-after-treatment/when-cancer-doesnt-go-away.html Acesso em 18 de maio de 2018.
3. University Health Network. Managing Body Image Concerns after Cancer Treatment. Disponível em: http://www.uhn.ca/PatientsFamilies/Health_Information/Health_Topics/Documents/Managing_body_image_problems_after_cancer_treatment.pdf Acesso em 18 de maio de 2018.
4. Susan G. Komen. Sexuality and Intimacy. Disponível em: https://ww5.komen.org/BreastCancer/SexandSexuality.html Acesso em 18 de maio de 2018.
5. Living Beyond Breast Cancer. Sexual Side Effects. Disponível em: http://www.lbbc.org/learn/living-breast-cancer/sex-and-intimacy/sexual-side-effects Acesso em 18 de maio de 2018.
6. Cancer Treatment Centers of America. Intimacy and Relationship Challenges. Disponível em: https://www.cancercenter.com/ctca-difference/integrative-cancer-treatment/intimacy-relationship-challenges Acesso em 18 de maio de 2018.
7. Simms/Mann – UCLA Center for Integrative Oncology. In Sickness and In Health: Cancer and Couples. Disponível em: http://www.simmsmanncenter.ucla.edu/index.php/resources/articles-from-the-director/in-sickness-and-in-health-cancer-and-couples Acesso em 18 de maio de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *