2-1-tratamento da artrite psoriásica
Share

A busca pelo tratamento correto serve para evitar as dores constantes, as complicações futuras da doença e seus danos irreversíveis nas articulações. Esse é o próximo passo depois de ter o diagnóstico de artrite psoriásica, conheça os possíveis caminhos.

A artrite psoriásica deve ser acompanhada por reumatologista e dermatologista, já que é uma doença que envolve pele e articulações. A escolha do tratamento ideal varia de acordo com a gravidade e tipo de sinais e sintomas apresentados. Dependendo da gravidade da lesão causada pela artrite psoriásica pode ser necessário recorrer à cirurgia para reparação ou até mesmo para substituição da articulação.

banner sociedade brasileira de reumatologia

Medicações para artrite psoriásica

A artrite psoriática é uma doença inflamatória crônica e progressiva, intimamente associada à psoríase e que impacta a qualidade de vida. O tratamento ideal varia por pessoa.

Pode ser que o tratamento comece com medicações sintéticas e depois mude, por isso, é importante manter o acompanhamento médico e entender o índice de sucesso, se os objetivos estão sendo alcançados e os avanços da medicina.

Outra classe são as medicações biológicas, que são mais específicas, seguras e eficazes do que medicações tradicionais e sintéticas. As medicações biológicas bloqueiam uma citocina ou interleucina importante para a inflamação e a doença. Por conta disso, novas terapias que miram as interleucinas foram desenvolvidas como forma de buscar sucesso na luta contra os sinais e sintomas da artrite psoriásica e também da psoríase.

Quer saber mais sobre interleucinas? Leia o post sobre tratamento da psoríase.

Listamos abaixo as opções terapêuticas disponíveis para combater a artrite psoriásica.

Medicamentos que só combatem o sintoma

Essas opções combatem os sintomas, mas não alteram o curso da artrite psoriásica, uma doença que pode causar danos irreversíveis e limitar os movimentos das articulações envolvidas.

  • Analgésicos tópicos: cremes e pomadas usados externamente para aliviar a dor nas articulações.
  • Anti-inflamatórios não-esteroidais: comprimidos medicamentos que podem contribuir com o alívio da dor e diminuir a inflamação.
  • Corticosteroides (ou corticoides): também atuam aliviando a inflamação.

A dor e a inflamação são apenas alguns fatores da artrite psoriásica, mas o objetivo do tratamento é maior do que isso.

Medicamentos que combatem os sintomas e progressão

Além de combater os sintomas, essas opções também alteram o progresso da artrite psoriásica.

  • Medicamentos modificadores do curso da doença não biológicos:  geralmente são utilizados em combinação com anti-inflamatórios e, como indica o nome, são capazes de alterar o curso da artrite psoriásica. Costumam ser as primeiras medicações utilizadas.
  • Medicamentos biológicos anti-TNF: tratamentos capazes de inibir o fator de necrose tumoral (TNF) e diminuir a inflamação, também alterando o curso natural da doença.
  • Terapias biológicas inibidoras de interleucinas: classe de medicamento com mecanismo de ação diferenciado capaz de inibir a atuação de algumas interleucinas bastante específicas, relacionadas ao processo de inflamação de desenvolvimento da artrite psoriásica. Esses medicamentos, de forma geral, são muito eficazes no alivio da dor e inflamação da articulação, além de previnir progressão da doença. Algumas terapias desta classe possibilitaram que os pacientes alcançassem não apenas o PASI 75, como PASI 90 e PASI 100. Isso significa que as lesões da psoríase na pele melhoraram pelo menos 90% ou até 100% em comparação ao início do tratamento.

Tratamento não medicamentoso

Ainda como parte do tratamento da artrite psoriásica, atividades físicas regulares, como caminhada, fisioterapia e hidroterapia (exercícios na água) podem ser recomendados. Toda atividade deve receber indicação médica para ser iniciada com segurança e trazer os benefícios esperados.

Como ainda não há cura para a artrite psoriásica, o tratamento da doença é crônico – ou seja, para a vida toda. Uma boa adesão ao tratamento da artrite psoriásica e algumas mudanças de hábitos, como pensar na alimentação, tratar e monitorar as comorbidades (hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus, dislipidemia e osteoporose) são fatores determinantes para manter a qualidade de vida.

Referências
1. The Psoriasis and Psoriatic Alliance. Treatments for Psoriatic Arthritis. Disponível em: http://www.papaa.org/resources/treatments-psoriatic-arthritisAcesso em junho de 2020.
2. Agency for Healthcare Research and Quality. Medicines for Psoriatic Arthritis: A Review of the Research for Adults. Disponível em: http://effectivehealthcare.ahrq.gov/search-for-guides-reviews-and-reports/?pageaction=displayproduct&productID=1312. Acesso em junho de 2020.
3. Wang EA, Suzuki E, Maverakis E, Adamopoulos IE. Targeting IL-17 in psoriatic arthritis. European Journal of Rheumatology. 2017;4(4):272-277.
4.National Health Services (NHS). Back pain – Treatment. Disponível em: http://www.nhs.uk/Conditions/Back-pain/Pages/Treatment.aspx. Acesso em junho de 2020.
5. Kerdel F, Zaiac M. An evolution in switching therapy for psoriasis patients who fail to meet treatment goals. Dermatologic Therapy. 2015;28(6):390-403. doi:10.1111/dth.12267.
6.Campa M, Mansouri B, Warren R, Menter A. A Review of Biologic Therapies Targeting IL-23 and IL-17 for Use in Moderate-to-Severe Plaque Psoriasis. Dermatology and Therapy. 2016;6(1):1-12. doi:10.1007/s13555-015-0092-3.
7. MedLine Plus. Psoriatic arthritis. Disponível em: http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000413.htm. Acesso em junho de 2020.
8. The Psoriasis and Psoriatic Alliance. Physiotherapy and Exercise – Psoriatic Arthritis. Disponível em: http://www.papaa.org/further-information/physiotherapy-and-exercise-psoriatic-arthritis. Acesso em junho de 2020.

Share








































2 respostas a “Opções de Tratamento da Artrite Psoriásica”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *