sintomas-da-anemia-aplasica
Share

Os sinais e sintomas da anemia aplásica se manifestam de acordo com o grau dos danos causados à medula óssea, que é a responsável pela produção de novas células sanguíneas no nosso corpo. Esses sinais podem ocorrer de uma só vez, ou aparecer lentamente e piorar ao longo do tempo.1

Conheça os principais sinais e sintomas da anemia aplásica, de acordo com as células atingidas: células vermelhas, células brancas e plaquetas.

 

Anemia aplásica e a redução de células vermelhas (citopenia)

Muitos dos sinais e sintomas da anemia aplásica são os mesmos de outras doenças em que há diminuição das células vermelhas do sangue (citopenias), como:3

  • Cansaço e fadiga
  • Palidez
  • Falta de ar ao fazer qualquer esforço ou mesmo em repouso
  • Palpitações
  • Dor nas pernas e dificuldade ao caminhar

Nos quadros mais graves da anemia aplásica, outros sintomas poderão surgir, como:3

  • Sonolência, confusão mental e letargia (perda da capacidade de responder aos estímulos externos)
  • Crises de angina (dores ou pressão no peito), podendo levar ao infarto agudo do miocárdio

Há ainda alguns pacientes que podem ter sinais mais evidentes de que a medula óssea não está produzindo células sanguíneas de forma suficiente, exigindo uma investigação para anemia aplásica, como:3

  • Baixa estatura
  • Hiperpigmentação da pele (manchas café com leite)
  • Polegares trifalangeanos (quando o dedão tem uma “dobra” ou articulação a mais)
  • Menopausa precoce

Anemia aplásica e a redução de células brancas

Nos casos em que a anemia aplásica leva à redução das células brancas, o médico costuma avaliar se há histórico de frequência de infecções bacterianas ou fúngicas, o que indicaria uma deficiência no sistema imunológico. Pessoas com glóbulos brancos reduzidos costumam apresentar baixa defesa imunológica. Vale destacar que a ocorrência de febre nesses pacientes deve ser sempre considerada como um sinal de infecção grave, e o paciente deve ser encaminhado para o hospital.4

Anemia aplásica e a redução de plaquetas (trombocitopenia)

Quando a anemia aplásica resulta em uma redução das plaquetas (trombocitopenia), o paciente pode apresentar manchas arroxeadas pelo corpo ou maior comprometimento da capacidade de coagulação em quadros mais graves de hemorragia. Esses sangramentos podem ocorrer em locais diversos, como:5

  • Hipermenorreia (menstruação com fluxo excessivo)
  • Trato gastrointestinal
    • Gengivorragia (sangue nas gengivas)
    • Hematemese (vômito com sangue)
    • Melena e enterorragia (fezes com sangue)
  • Epistaxe (sangramento no nariz)
  • Hematúria (sangue na urina)
  • Hemartrose (sangue no interior das articulações)
  • AVC hemorrágico (sangue no sistema nervoso central)

Sinais e sintomas que podem (ou não) indicar anemia aplásica

Caso no exame físico haja sinal de aumento do baço, outros diagnósticos além da anemia aplásica devem ser pesquisados, como o de mielofibrose.5

Já no exame de sangue feito no laboratório (hemograma), um sinal da anemia aplásica pode ser a “anemia normocrômica macrocítica com leucopenia e plaquetopenia”, sem que haja outras anormalidades das células (citológicas).5


Referências

1. Moore CA, Krishnan K. Bone Marrow Failure. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2018 [citado 4 de maio de 2018]. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK459249/.
2. DeZern AE, Guinan EC. Aplastic anemia in adolescents and young adults. Acta Haematol. 2014;132(3–4):331–9.
3. West AH, Churpek JE. Old and new tools in the clinical diagnosis of inherited bone marrow failure syndromes. Hematol Am Soc Hematol Educ Program. 8 de dezembro de 2017;2017(1):79–87.
4. Villafuerte-Gutierrez P, Villalon L, Losa JE, Henriquez-Camacho C. Treatment of febrile neutropenia and prophylaxis in hematologic malignancies: a critical review and update. Adv Hematol. 2014;2014:986938.
5. Moore CA, Krishnan K. Anemia, Aplastic. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2018 [citado 25 de abril de 2018]. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK441984/ .

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *