O que é leucemia mieloide crônica

O que é leucemia mieloide crônica

06/02/2017

A leucemia mieloide crônica (LMC) é um tipo de câncer que afeta as células responsáveis pela produção de sangue na medula óssea. Mais especificamente, na LMC, a medula óssea começa a produzir uma grande quantidade de glóbulos brancos (granulócitos), que por serem imaturos ou anormais, são incapazes de combater as infecções adequadamente.1,2 Muitos desses granulócitos começam a se espalhar para o sangue e podem causar o aumento do baço, do fígado e de outros órgãos. À medida que a o acúmulo de granulócitos anormais aumenta, a produção normal de outras células sanguíneas começa a ficar comprometida. Isso pode causar além de infecções, vários outros problemas de saúde, tais como anemia (pela baixa quantidade de glóbulos vermelhos) ou hemorragias (pela baixa quantidade de plaquetas).2-4

Até poucos anos atrás, o tratamento da leucemia mieloide crônica (LMC) estava limitado a tratamentos que apresentam pouca eficácia e/ou baixa tolerabilidade de alguns pacientes.5 Atualmente, com o desenvolvimento de novos medicamentos utilizados na terapia-alvo, houve uma melhora expressiva do prognóstico e da evolução da doença.6 Com esse tipo de tratamento, cerca de 70% dos pacientes demonstram remissão completa da doença, considerada quando não há detecção de doença em exames regulares.7

A LMC tende a desenvolver-se muito lentamente, por meses ou anos, sem apresentar muitos sintomas. No entanto, trata-se de uma condição grave que se não for tratada adequadamente, representa risco de vida.1-4

O diagnóstico em estágio inicial e a adesão adequada ao tratamento da leucemia mieloide crônica são essenciais para o controle da doença e para a melhor qualidade de vida dos pacientes.3 É importante saber que, apesar de a LMC ser uma doença crônica, ela pode ser controlada e que, quanto maior for a adesão ao tratamento, maiores são as chances de reduzi-la a níveis tão baixos que quase não se pode detectá-la.8

Por ser crônica, o tratamento da LMC deve ser contínuo, focando no controle da doença.9 A realização de exames periódicos, como o PCR quantitativo (saiba mais em diagnóstico da LMC), são ferramentas essenciais para que médicos e pacientes acompanhem a eficácia do tratamento e escolham a melhor forma de dar continuidade a ele.10


Referências
1. PubMed Health. Chronic Myelogenous Leukemia (CML). Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMHT0024349/. Acesso em dezembro de 2016.
2. Leukaemia Foundation. Chronic myeloid leukaemia (CML). Disponível em http://www.leukaemia.org.au/blood-cancers/leukaemias/chronic-myeloid-leukaemia-cml. Acesso em dezembro de 2016.
3. American Cancer Society. What is chronic myeloid leukemia? Disponível em http://www.cancer.org/cancer/leukemia-chronicmyeloidcml/detailedguide/leukemia-chronic-myeloid-myelogenous-what-is-c-m-l. Acesso em dezembro de 2016.
4. NIH – National Institute of Cancer. General information about chronic myelogenous leukemia. Disponível em https://www.cancer.gov/types/leukemia/patient/cml-treatment-pdq. Acesso em dezembro de 2016.
5. Revista Brasileira de Cancerologia. Proposta de acompanhamento farmacoteraupeutico em LMCÇ uma abordagem metodológica. Disponível em http://www1.inca.gov.br/rbc/n_55/v04/pdf/375_opiniao1.pdf. Acesso em dezembro de 2016.
6. Einstein. Leucemia mieloide crônica: passado, presente, futuro. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1679-45082011000200236&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em dezembro de 2016.
7. ABRALE- Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia. Leucemia Mieloide Crônica. Disponível em http://www.abrale.org.br/lmc/o-que-e. Acesso em dezembro de 2016.
8. Journal of Clinical Oncology. Adherence is the critical factor for achieving molecular responses in patients with chronic myeloid leukemia who achieve complete cytogenetic responses on imatinib. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20385986. Acesso em dezembro de 2016.
9. Annals of Hematology. A review of the European LeukemiaNet recommendations for the management of CML. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25814080. Acesso em janeiro de 2017.
10. Current Medical Research & Opinion. Association between molecular monitoring and long-term outcomes in chronic myelogenous leukemia patients treated with first line imatinib. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23738923.