Ilustrações ajudam a identificar os sintomas da DPOC

30/05/2017

Ilustrações ajudam a identificar os sintomas da DPOC

Falta de ar ao se exercitar, subir escadas, correr ou ter que andar em um ritmo mais acelerado podem ser sintomas iniciais da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Aos poucos, essa dificuldade respiratória começa a aparecer com maior frequência mostrando seus sinais nas atividades do dia a dia, que exigem pouco esforço, como andar até a sala e tomar banho em pé.1-3

A DPOC afeta cerca de 5,5 milhões4 de pessoas no Brasil e a uma grande parte dos pacientes subestimam a sua gravidade.5 Além de 32,8% não reconhecem os sinais dos sintomas antes de uma exacerbação (quadro de crise) da doença.6

Identificar os sintomas da DPOC é muito importante para um diagnóstico e acompanhamento correto. 7 Os sintomas podem ser confundidos inicialmente com uma limitação normal do organismo devido ao envelhecimento,2 monitorá-los é muito importante para garantir uma melhor qualidade de vida.2,7

Saber indicar ao especialista os sintomas apresentados fora do consultório facilita o diálogo médico/paciente,8 além de auxiliar na definição de uma estratégia de tratamento de acordo com as dificuldades apresentadas.7

Confira na imagem abaixo ilustrações de sintomas recorrentes da DPOC, assinalando quais representam a sua realidade atual e comentando nas linhas abaixo das figuras pontos importantes, como: se há algum momento do dia que a dificuldade em respirar para realizar o movimento é maior, se piorou nos últimos tempos, e o grau de dificuldade.

Com o exercício feito, compartilhe o material com seu médico na próxima consulta e discutam juntos se os sintomas estão devidamente controlados ou se há necessidade de uma revisão no tratamento.

Fumantes, ativos e passivos, e ex-fumantes são as pessoas com maior propensão a desenvolver a DPOC.1 O cigarro está presente em 85% dos casos diagnosticados da doença.9

Como a DPOC é uma doença crônica, o quanto antes for feito o diagnóstico correto e iniciado o tratamento, melhor o resultado apresentado e o bem-estar do paciente.7

*O material deve ser respondido e discutido como ferramenta de apoio ao tratamento junto ao médico responsável. De forma alguma substituí o diagnóstico clínico e acompanhamento de um pneumologista.


Referências

1. Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Diseasease (GOLD). Global Strategy for Diagnosis, Management, and Prevention of COPD (2017). Disponível em: http://www.goldcopd.org/ Último acesso em 30/01/2017.
2. Price D, Freeman D, Cleland J, et al. Earlier diagnosis and earlier treatment of COPD in primary care. Prim Care Respir J. 2011 Mar;20(1):15-22.
3. Associação Brasileira de Portadores de DPOC. Perguntas Frequentes. Disponível em: http://www.dpoc.org.br/perguntas-frequentes Acessado em 30/08/2017.
4. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT). II Consenso Brasileiro sobre Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – DPOC – 2004. J Bras Pneumol. 2004;30 Suppl 5. Disponível em: http://www.jornaldepneumologia.com.br/audiencia_pdf.asp?aid2=124&nomeArquivo=Suple_124_40_DPOC_COMPLETO_FINALimpresso.pdf Acessado em 01/09/2017.
5. Rennard S, Decramer M, Calverley PM, et al. Impact of COPD in North America and Europe in 2000:
subjects’ perspective of Confronting COPD International Survey. Eur Respir J. 2002 Oct;20(4):799-805.
6. Kessler R, Ståhl E, Vogelmeier C, et al. Patient understanding, detection, and experience of COPD exacerbations: an observational, interview-based study. Chest. 2006 Jul;130(1):133-42.
7. Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Diseasease (GOLD). Global Strategy for Diagnosis, Management, and Prevention of COPD (2016). Disponível em: http://www.goldcopd.org/ Acessado em 01/09/2017.
8. Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM). A Importância da Relação Médico-Paciente. Disponível em: http://www.sbcm.org.br/v2/index.php/artigo/2526-a-importancia-da-relacao-medico-paciente Acessado em 01/09/2017.
9. Kornmann O, Beeh KM, Beier J, Geis UP, et al. Newly diagnosed chronic obstructive pulmonary disease. Clinical features and distribution of the novel stages of the Global Initiative for Obstructive Lung Disease. Respiration. 2003 Jan-Feb;70(1):67-75.

Veja mais em: Diagnóstico e tratamento

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver mais
Ver mais

Conteúdo

Relacionados|Mais lidos