Como viver bem com DPOC

28/10/2015

Como viver bem com DPOC

Para se sentir o melhor possível e minimizar os sintomas e o agravamento da DPOC, é fundamental que o paciente procure manter-se ativo, com disposição e força de vontade para superar desafios diários, especialmente os relacionados com a execução de atividades diárias e com a prática de exercícios, sempre considerando o limite de seu organismo para não ficar sobrecarregado e cansado.

REDE GLOBAL DE APOIO: COPD: Life Is Calling™

O projeto global “COPD: Life Is Calling™“ (ou, em português, “DPOC: a vida te chama”) funciona como uma rede na qual você compartilha com outras pessoas com DPOC os seus desafios pessoais e quais ações está fazendo para alcançá-los e superá-los. Além de estimular milhares de pessoas com as suas histórias de superação, você percebe que não está sozinho nesta batalha e que pode aprender com as experiências relatadas por outros pacientes. Junte-se a eles!

Consultar o médico especialista com frequência, interagir e relatar todos os sintomas e dificuldades a ele e atentar-se às orientações prescritas nas consultas também ajudam a viver bem com a doença.

Algumas mudanças no estilo de vida são essenciais para quem quer viver com qualidade e independência, superando os desafios da DPOC.

Confira alguns passos!

1. Pare de fumar. Parar de fumar é a melhor forma de combater a DPOC. Mesmo que você use a medicação da doença pulmonar obstrutiva crônica corretamente, parar de fumar é essencial. Se você ainda não tentou largar o cigarro ou está tendo dificuldades, busque ajuda médica e apoio psicológico, pois além de ser extremamente difícil abandonar o vício, esses profissionais te ajudarão a lidar melhor com os sintomas da abstinência como ansiedade e irritabilidade, por exemplo.1-3

2. Mexa-se: ainda que a DPOC possa impor algumas limitações na sua vida, tente manter uma vida ativa. Faça os ajustes necessários na sua rotina, mas não desista do seu trabalho ou das atividades de lazer que te dão prazer. Sempre que houver desafios e dificuldades, procure orientação médica.4

3. Siga o tratamento prescrito: o tratamento da DPOC é bastante abrangente, já que inclui parar de fumar, usar medicamentos diariamente, praticar atividades físicas e reabilitação pulmonar e as vezes até mudar a alimentação.3 Parece muito, mas com organização, disciplina e orientação médica é possível. Manter a autonomia e a qualidade de vida vale a pena!

ACESSE no Facebook também

A campanha COPD: Life Is Calling™ possui, também, uma página no Facebook.

Clique aqui e acompanhe esse projeto.

 


Referências

1. Site do National Institutes of Health (NIH). Disponível em http://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/copd/treatment. Último acesso em 26 de outubro de 2017.
2. Site do National Health Institutes. Sisponível em http://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/smo/strategies. Último acesso em 26 de outubro de 2017.
3. Associação Brasileira de Portadores de DPOC. Perguntas Frequentes. Disponível em : http://www.dpoc.org.br/perguntas-frequentes Último acesso em 30 de agosto de 2017.
4. de Sousa CA, César CLG, Barros MBA, et al. Doença pulmonar obstrutiva crônica e fatores associados em São Paulo, SP, 2008-2009. Rev. Saúde Pública 2011;45(5):887-896.

Veja mais em: Qualidade de vida

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Conteúdo

Relacionados|Mais lidos

saiu na mídia

Conteúdos Relacionados