5 dicas para evitar a dor nas costas e viver com qualidade

18/03/2015

5 dicas para evitar a dor nas costas e viver com qualidade

Mudar hábitos relacionados à alimentação, postura e estilo de vida nem sempre é tarefa fácil. Mas quando se trata de prevenir e diminuir a dor nas costas, esse esforço pode ser bastante válido. Confira 5 dicas que podem aliviar sua dor e aumentar a qualidade de vida!

1. Mantenha uma boa postura: a forma com que você caminha, senta, levanta, dirige e até dorme podem ter impacto significativo na saúde das suas costas.1 Tente manter sempre a postura correta, evite sapatos com saltos e alongue-se sempre que possível.1

2. Pare agora de fumar! Sabemos que parar de fumar é um grande desafio, mas são tantos os benefícios… Além da melhora no sistema respiratório, cardiovascular e na pele, o que pouca gente sabe é que parar de fumar também pode diminuir a dor nas costas!2 O cigarro não é diretamente um causador da dor nas costas, mas como as substâncias contidas nele danificam os tecidos (inclusive as fibras que envolvem partes dos ossos), parar de fumar pode tanto aliviar a dor quanto acelerar sua recuperação.2,4

3. Permaneça ativo! Às vezes, a dor nas costas pode privar as pessoas de certas atividades do dia a dia, mas na medida do possível, tente manter-se ativo e dar continuidade a sua rotina. Há casos, como o de pacientes com espondilite anquilosante, que sofrem piora no quadro após repouso e melhora após atividades físicas.3 Além disso, atividades como natação, hidroginástica, yoga e pilates, sob coordenação de um profissional qualificado, podem aumentar a flexibilidade e fortalecer a musculatura das costas.1

4. Cuide de sua alimentação: diversos fatores associam a dor nas costas à má alimentação e/ou a um estilo de vida pouco saudável, como o excesso de peso e o enfraquecimento ósseo.1 Por isso, alimente-se de forma balanceada e mantenha o peso saudável para sua idade e altura!

5. Saiba reconhecer quando for hora de buscar ajuda médica. Na maioria dos casos, a dor nas costas desaparece sozinha ou com pequenos cuidados.4 A busca por um médico deve ocorrer sempre que a dor for muito severa; ultrapassar 72 horas;5 esteja associada à outro sintoma, como dormência ou formigamento4,5 das costas ou de outra região, febre, inchaço das costas, dor para urinar, etc.5


Referências
1. National Health Service. Back pain – Prevention. Disponível em: http://www.nhs.uk/Conditions/Back-pain/Pages/Prevention.aspx. Último acesso em março de 2015.
2. National Health Service. Back pain – Causes. Disponível em: http://www.nhs.uk/Conditions/Back-pain/Pages/Causes.aspx. Último acesso em março de 2015.
3. Sociedade Brasileira de Reumatologia. Espondilite Anquilosante. Disponível em http://www.reumatologia.com.br/PDFs/Cartilha_Espondilite_Anquilosante.pdf. Último acesso em março de 2015.
4. National Institute of Arthritis and Muscoloskeletal and Skin Diseases (NIAMS) National Institutes of Health (NIH). Handout on Health: Back Pain. Disponível em: http://www.niams.nih.gov/Health_Info/Back_Pain/default.asp. Último acesso em março de 2015.
5. University of Maryland. Medical Center. Disponível em http://umm.edu/health/medical/altmed/condition/low-back-pain. Último acesso em março de 2015.

Veja mais em: Qualidade de vida

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver Mais +
Ver Mais +