x

03/04/2017

O que é miopia patológica?

O que é miopia patológica?

03/04/2017

O que é miopia patológica?

A miopia é um distúrbio comum da visão, conhecido como erro refrativo, no qual a imagem dos objetos no olho é focada incorretamente. As causas mais comuns da miopia são um alongamento exacerbado do globo ocular ou uma curvatura acentuada da córnea, o que faz com que a luz seja focalizada na frente da retina e objetos distantes pareçam borrados.1

A miopia patológica (MP), também chamada de miopia degenerativa ou maligna, é um tipo raro de miopia e afeta 3% da população mundial.1,2 A MP é uma forma grave de miopia que é acompanhada por alterações degenerativas que ocorrem, particularmente, no segmento posterior do globo ocular causando danos à retina.1-3

Geralmente, a miopia degenerativa começa na primeira infância. À medida que o globo ocular cresce, a miopia se torna mais grave, e geralmente apresenta comprometimento severo da visão já na adolescência ou no início da idade adulta.1 A perda da visão relacionada à miopia patológica é de grande significado clínico, além de ser progressiva, é irreversível e afeta indivíduos durante os anos mais produtivos de suas vidas.2

Os principais fatores de risco para miopia patológica incluem maior comprimento do globo ocular e uma história familiar de miopia.2 A MP comumente é hereditária e ocorre mais frequentemente em indivíduos de ascendência chinesa, japonesa, do Oriente Médio ou judaica.4

A miopia patológica está associada a diversas alterações degenerativas na parte posterior do olho que podem prejudicar ainda mais a visão. Entre as alterações estão a neovascularização coroide (crescimento anormal de vasos sanguíneos), o descolamento da retina, a catarata e o glaucoma. Portanto, além da dificuldade de enxergar objetos que estão distantes, outros sintomas como distorção de linhas retas ou pontos cegos na visão comumente estão relacionados com a miopia patológica e essas outras alterações degenerativas.1-4

Infelizmente, a miopia patológica é uma doença que não tem cura. O objetivo do tratamento inclui a correção da miopia com uso de lentes ou óculos para melhorar a visão à distância e acompanhamento das alterações na retina. Pessoas com miopia degenerativa devem consultar o oftalmologista anualmente ou ainda mais frequentemente, dependendo da gravidade das alterações oculares. O paciente deve discutir com o oftalmologista sobre as opções de tratamento disponíveis e sobre a necessidade de cuidados de acompanhamento.3

Hoje já existe tratamento capaz de barrar a progressão da miopia patológica e, em alguns casos, até recuperar parte da visão perdida.2,3 Mas lembre-se: somente tratamentos especificamente desenvolvidos para uso oftalmológico são capazes de oferecer eficácia somada aos mais altos índices de segurança aos pacientes com miopia patológica, evitando infecções oculares, além de outras consequências graves.5


Referências

1. NIH – National Eye Institute. Facts about myopia. Disponível em: https://nei.nih.gov/health/errors/myopia Acesso em fevereiro de 2017.
2. American Academy of Ophthalmology. Pathologic myopia (myopic degeneration). Disponível em: http://eyewiki.aao.org/Pathologic_myopia_(myopic_degeneration) Acesso em fevereiro de 2017.
3. American Optometric Association. Optometric clinical practice guideline care of the patient with myopia. Disponível em: http://www.aoa.org/documents/optometrists/CPG-15.pdf Acesso em fevereiro de 2017.
4. Prevent Blindness. Degenerative myopia. Disponível em: http://lowvision.preventblindness.org/research-and-developments/degenerative-myopia/ Acesso em fevereiro de 2017.
5. ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/medicamentos Acesso em março de 2017.