Dupla imbatível: alimentação saudável + exercícios físicos

Dupla imbatível: alimentação saudável + exercícios físicos

Apesar de não ser um conceito inovador (e muito menos uma prática fácil de ser adotada no dia a dia), ainda não descobriram nada melhor para manter a saúde e a qualidade de vida dos pacientes com diabetes, do que uma boa alimentação e a prática regular de atividades físicas – que juntas resultam no controle do peso.

Quando o assunto é a prevenção ou o controle do diabetes tipo 2, as recomendações não são diferentes. Neste caso, o paciente também precisa ter bastante disciplina para a tomada da medicação conforme prescrito pelo médico.

”Toda pessoa com diabetes necessita de acompanhamento nutricional do ponto de vista do número de refeições e da proporção da ingestão de carboidratos, proteínas e gorduras. A prática de atividades físicas também é fundamental, mas sempre com o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar. Não se pode mudar os hábitos e o estilo de vida sozinho, da noite para o dia, é preciso receber apoio e acompanhamento profissional.”
Dr. Luiz Alberto Andreotti Turatti, Doutor em Endocrinologia pela Faculdade de Medicina da USP, Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes e Presidente Eleito da Sociedade Brasileira de Diabetes. – CRM SP 82009

Confira algumas recomendações para prevenir o Diabetes:

  • Perca e controle o seu peso! Uma grande pesquisa realizada nos Estados Unidos comprovou que as pessoas que mudaram o estilo de vida e conseguiram perder de 5 a 7% da massa corporal atrasaram o desenvolvimento do diabetes. Essa redução de peso seria equivalente a 5 a 7 kg, para uma pessoa que pesa 100 kg.

 

  • Se alimente de forma saudável. Diminua a ingestão de alimentos ricos em gorduras e calorias.1 A Sociedade Brasileira de Diabetes possui recursos que podem ajudar na mudança e controle da alimentação. São eles: Manual Oficial de Contagem de Carboidratos para as Pessoas com Diabetes e Manual de Nutrição para Pessoas com Diabetes.

A lista de alimentos saudáveis e recomendados inclui:2

  • legumes;
  • grãos integrais;
  • frutas;
  • produtos lácteos sem gordura;
  • feijões;
  • carnes magras.

 

 

  • Tome os remédios prescritos, SEMPRE! Como reforçado em um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), “os remédios não funcionam nas pessoas que não os tomam”.3,4 Pode ser tentador pular os comprimidos naquele dia em que você se sente super bem ou quando vai fazer uma viagem, por exemplo. Seja firme com você mesmo e com aquilo que você quer para a sua saúde. A falta de adesão ao tratamento aumenta de forma significativa o risco das complicações da doença. Estabeleça uma rotina que facilite lembrar-se da tomada das medicações.

Referências
1. Site do National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases (NIDDK), do National Institutes of Health (NIH). Disponível em http://diabetes.niddk.nih.gov/dm/pubs/riskfortype2/index.aspx. Último acesso em maio de 2015.
2. Site da American Diabetes Association (ADA). Disponível em http://www.diabetes.org/food-and-fitness/food/planning-meals/diabetes-meal-plans-and-a-healthy-diet.html?loc=ff-slabnav. Último acesso em maio de 2015.
3. Osterberg L, Blaschke T. Adherence to medication. N Engl J Med. 2005;353(5):487-497.
4. Brown, M. T., & Bussell, J. K. (2011). Medication Adherence: WHO Cares? Mayo Clinic Proceedings, 86(4), 304–314. doi:10.4065/mcp.2010.0575.

Veja mais em: Qualidade de vida

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver Mais +
Ver Mais +

Conteúdo

Relacionados|Mais lidos

saiu na mídia

Conteúdos Relacionados