Distúrbios alimentares entre os diabéticos

Distúrbios alimentares entre os diabéticos

De acordo com dados da Associação Americana de Diabetes, mulheres que desenvolveram a doença estão mais suscetíveis aos transtornos alimentares. Bulimia é o distúrbio mais comum entre as diabéticas tipo 1. Já para as mulheres com o tipo 2 da doença, a compulsão alimentar é mais comum1, como é o caso da síndrome da fome noturna.2

O problema se caracteriza pela falta de apetite de manhã, períodos de insônia e excesso de fome à noite, mesmo depois de ter jantado ou feito a ceia. Além disso, também está ligada a momentos de estresse.2

Além dos horários desregulados, a síndrome também está relacionada ao consumo de alimentos calóricos, ricos em gorduras e com poucas fibras. O resultado: aumento de peso, hipertensão e alterações nos níveis de colesterol. Problemas que os diabéticos devem fugir. 2

Ainda não se sabe exatamente as reais causas da síndrome da fome noturna. A hipótese indicada por especialistas é a de que ocorra um desequilíbrio em alguns hormônios. Entre eles a melatonina, que é liberada durante o sono e a serotonina, que tem ação no controle do ritmo circadiano, que é o equilíbrio que ocorre no organismo entre a noite e o dia. Também são indicados fatores genéticos. 2

Tratamento

É feito com o uso da psicoterapia e mudanças de hábitos, além de medicação, quando necessário. E o mais importante é que o tratamento seja seguido com bastante seriedade, afinal de contas, a síndrome pode prejudicar o controle glicêmico, aumentar a ansiedade em relação ao ganho de peso, deixar o ciclo menstrual desregulado, aumentar o consumo de álcool, entre outros problemas. 2

Portanto, se você estiver com os sintomas da síndrome da fome noturna, procure imediatamente o seu médico. 2


REFERÊNCIAS

1. Site da American Diabetes Association. Disponível em http://www.diabetes.org/living-with-diabetes/treatment-and-care/women/eating-disorders.html?referrer=https://www.google.com.br/?referrer=http://www.diabetes.org/living-with-diabetes/treatment-and-care/women/eating-disorders.html?referrer=https://www.google.com.br/. Última visualização em 23 de novembro de 2016.

2. Site da Sociedade Brasileira de Diabetes. Disponível em http://www.diabetes.org.br/para-o-publico/vivendo-diabetes/transtornos-alimentares. Última visualização em 23 de novembro de 2016.

Veja mais em: Diabetes

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver Mais +
Ver Mais +

Conteúdo

Relacionados|Mais lidos

saiu na mídia

Conteúdos Relacionados