Falta informação sobre o diabetes? Teste seus conhecimentos

Falta informação sobre o diabetes? Teste seus conhecimentos

Apesar de ser uma das doenças crônicas que mais afeta os brasileiros – atingindo cerca de 9 milhões de pessoas no país1 – ainda há muita desinformação sobre o diabetes.2

Para se ter uma ideia, uma pesquisa recente da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) mostrou que o brasileiro ainda desconhece as causas que desencadeiam o diabetes tipo 2. Entre os entrevistados, a maioria acredita que apenas evitar o consumo de açúcar é suficiente para evitar a doença. Além disso, apenas 28% dos entrevistados relacionaram a atividades esportivas ao controle da doença e 72% não associaram o tabagismo como fator de risco.2

Embora desconheçam as medidas de prevenção, os entrevistados reconhecem a gravidade da doença. A maioria (93%) declarou saber que o diabetes pode levar à morte e 70% disseram que a doença não tem cura. As formas de tratamento mais citadas foram dieta alimentar (65%), uso de medicamentos (53%) e de insulina (45%). A prática de atividades físicas, no entanto, foi apontada por apenas 28% dos entrevistados.2

E você, sabe sobre o diabetes? Teste alguns de seus conhecimentos!

Para você, diabetes é uma doença grave?

Se sua resposta foi sim, você está certo. O diabetes causa mais mortes do que o câncer de mama e o HIV juntos. O fato de ter diabetes quase dobra as chances de um ataque cardíaco, por exemplo. Mas não se desespere: com o controle adequado, todos os risco e complicações são reduzidos de forma significativa!3

É verdade que pessoas com diabetes não podem comer doces ou chocolates?

Esse é um mito do passado. Não há alimento proibido para as pessoas com diabetes, desde que elas tenham uma alimentação saudável, pratiquem atividades físicas com frequência e tenham adesão ao tratamento medicamentoso. Para esses pacientes, mesmos doces podem ser incluídos na alimentação, sem riscos, desde que ingeridos em pequenas porções e com baixa frequência.3

Você sabe a diferença de hipoglicemia e hiperglicemia?

 O diabetes tipo 2 é caracterizado por altas taxas de glicose no sangue, chamada de hiperglicemia. Apesar do excesso de glicose no sangue ser prejudicial à saúde em longo prazo, a glicose é fonte de energia para o corpo humano e níveis abaixo do normal (hipoglicemia) também podem ser bastante perigosos.4

Se você tem diabetes e passou ou está passando por crises de hipoglicemia sem razão aparente, elas podem ser efeito colateral do seu tratamento para o diabetes.5,6 Não interrompa o tratamento, mas converse com seu médico assim que possível, para que ele possa reavaliar a medicação. Hoje já existem terapias mais modernas que não trazem esse efeito colateral, pois mantêm os níveis de açúcar no sangue controlados ao longo do dia, sem picos.7

Somente pessoas acima do peso podem desenvolver diabetes?

Estar acima do peso é sim um fator de risco para o desenvolvimento do diabetes, mas há diversos outros fatores como histórico familiar, idade, tabagismo, etc. Na verdade, muitas pessoas que desenvolvem o diabetes não estão acima do peso ou estão pouco acima do peso.3

Você sabe qual a importância de manter os níveis de açúcar controlados ao longo de todo o dia?

Com atividades físicas, alimentação balanceada e a medicação adequada, as pessoas com diabetes são capazes de manter os níveis de glicemia adequados no sangue ao longo de todo o dia – nem muito altos e nem baixos demais. Isso é importante, pois evita as crises de hipoglicemia e de hiperglicemia, que representam sérios riscos para os pacientes.5,6


Referências

1. Portal Brasil. Diabetes atinge 9 milhões de brasileiros. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/saude/2015/07/diabetes-atinge-9-milhoes-de-brasileiro Último acesso em: 04 de março de 2016.
2. Brasileiro ainda desconhece fatores de prevenção do diabetes. Disponível em http://www.ebc.com.br/noticias/saude/2013/10/brasileiro-ainda-desconhece-fatores-de-prevencao-do-diabetes-mostra-pesquisa. Último acesso em: 04 de março de 2016.
3. American Diabetes Association. Diabetes Myths. Disponível em: http://www.diabetes.org/diabetes-basics/myths/?referrer=https://www.google.com.br/. Último acesso em: 04 de março de 2016.
4. Site do National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases (NIDDK), do National Institutes of Health (NIH). Disponível em: http://diabetes.niddk.nih.gov/dm/pubs/hypoglycemia/index.aspx#causeÚltimo acesso em: maio de 2015.
5. National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases (NIDDK), do National Institutes of Health (NIH). Disponível em: http://diabetes.niddk.nih.gov/dm/pubs/hypoglycemia/index.aspx#cause. Último acesso em: 15 de fevereiro de 2016.
6. Mayo Clinic. Hypoglicemia Causes. Disponível em: http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/hypoglycemia/basics/causes/con-20021103. Último acesso em: 15 de fevereiro de 2016.
7. Diretrizes SBD – 2014 – 2015

Veja mais em: Diabetes

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver Mais +
Ver Mais +

Conteúdo

Relacionados|Mais lidos

saiu na mídia

Conteúdos Relacionados

Ver Mais +
Ver Mais +