Diabetes tipo 2 e a genética

Diabetes tipo 2 e a genética

Algumas pessoas, mesmo seguindo um estilo de vida saudável e com prática de exercícios físicos, podem desenvolver o diabetes tipo 2. A causa disso? Genética! Isso porque, alguns estudos têm apontado que a doença tem uma ligação mais forte à história da família do que o tipo 1.1

Claro que o estilo de vida também influencia o desenvolvimento do diabetes tipo 2. Afinal de contas, normalmente, a obesidade tende a ocorrer em famílias com hábitos nada saudáveis. Porém, ao mesmo tempo, se você tem histórico da doença na sua família, pode ser difícil descobrir se o seu diabetes é devido a fatores de estilo de vida ou susceptibilidade genética.1

Risco para os filhos

Diabetes tipo 2 e a genética

Essa é a questão que muitos pais fazem para os médicos quando descobrem o diabetes tipo 2. De acordo com informações da Associação Americana de Diabetes, se você foi diagnosticado com diabetes tipo 2 antes dos 50 anos, o risco de a criança adquirir diabetes é de 1 em 7. Agora, se o diagnóstico foi dado após os 50 anos, a chance do filho desenvolver é de 1 em 13.1

Alguns cientistas têm afirmado que o risco de uma criança desenvolver diabetes tipo 2 é maior quando o parente com a doença é a mãe. No entanto, se o homem e a mulher têm diabetes tipo 2, o risco do filho é cerca de 1 em 2.1

O fato é que o estilo de vida dentro de casa é o primeiro passo para desenvolver ou não a doença. Lembre-se que o filho é o reflexo de algumas atitudes dos pais, e isso inclui a rotina alimentar e a pratica de atividades físicas.1

 


REFERÊNCIA

1. Site do American Diabetes Association. Disponível em http://www.diabetes.org/diabetes-basics/genetics-of-diabetes.html?referrer=https://www.google.com.br/. Última visualização em 31 de agosto de 2016.

Veja mais em: Diabetes

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver Mais +
Ver Mais +

Conteúdo

Relacionados|Mais lidos

saiu na mídia

Conteúdos Relacionados

Ver Mais +
Ver Mais +