Correr na rua ou na esteira?

Correr na rua ou na esteira?

Praticar atividades físicas é regra básica para controlar os níveis do diabetes tipo 2. Por isso, depois de procurar o médico e realizar todos os exames necessários, o próximo passo é descobrir qual exercício mais se encaixa ao seu perfil.

Muitas pessoas encontraram na corrida o incentivo para suar a camisa todos os dias. Mas, a principal dúvida entre os corredores de plantão é sobre qual o melhor tipo de corrida: na rua ou na esteira?

A segunda opção pode ser considerada mais fácil. Isso porque o aparelho reduz em 10% o impacto das articulações com o solo, o que ajuda na prevenção de lesões, principalmente para quem está acima do peso. Além disso, a esteira é mais indicada para quem está iniciando no esporte, ou então, para quem quer alternar com o treino na rua.1

Também é a melhor opção para dias chuvosos, de muito frio ou calor. Sem esquecer que, com a esteira, é possível controlar velocidade, inclinação e frequência da corrida.2 Por outro lado, praticar o esporte “parado”, no mesmo local, pode ser bastante monótono, o que leva a um número maior de desistências. E esse não é o intuito, não é mesmo?

Já para a rua!

Uma coisa é certa: quando se pratica o esporte ao ar livre, ele se torna bem mais estimulante e menos monótono. Além disso, durante uma mesma corrida, você pode encontrar subidas e descidas e fazer um percurso novo a cada treino.1 Tudo isso, gera um estimulo maior para o corpo e a musculatura, o que pode ajudar mais rapidamente no processo de emagrecimento.

Mas os iniciantes devem ficar atentos, pois a corrida na rua traz a sensação de ser mais complexa quando o assunto é controlar a velocidade que mais se adeque ao seu fôlego.1 Mas, conforme o condicionamento físico melhora, o corpo passa a entender os seus limites e o cansaço antes da hora não existe mais.

Claro que mudanças climáticas podem interferir no esporte ao ar livre. Ao mesmo tempo em que o trânsito e buracos nas vias também podem virar verdadeiros vilões na pratica da corrida. E, se você está acostumado a ouvir músicas durante o treino, melhor ficar atento, afinal de contas, quando se treina na rua, o cuidado deve ser redobrado, principalmente por conta de carros e bicicletas.3

A melhor solução

Unir esteira e rua. Isso mesmo! Intercale dias de corrida ao ar livre, com os treinos direcionados no aparelho. Assim, o seu corpo terá maiores estímulos, o processo de emagrecimento também será melhorado e a sua glicose estará mais do que equilibrada, controlando o diabetes tipo 2. 


REFERÊNCIAS:

1. Site Ortopedia do Esporte. Disponível em: http://www.ortopediadoesporte.com.br/manual-do-corredor-corrida-na-esteira-ou-na-rua/. Última visualização em: 18 de maio de 2016.
2. Site Mais equilíbrio. Disponível em: http://www.maisequilibrio.com.br/fitness/correr-na-rua-ou-esteira-qual-a-melhor-opcao-3251.html. Última visualização em: 18 de maio de 2016.
3. Site O2 Por Minuto. Disponível em: https://o2porminuto.ativo.com/corrida-de-rua/treinamento/esteira-versus-rua-qual-e-melhor/. Última visualização em: 18 de maio de 2016.

Veja mais em: Qualidade de vida

saiu na mídia

Notícias Relacionadas

Ver Mais +
Ver Mais +

Conteúdo

Relacionados|Mais lidos

saiu na mídia

Conteúdos Relacionados